É com boas recordações que a Roberta me contou um pouquinho dessas primeiras viagens. Para ela, o mais marcante foi o vínculo criado em cada grupo.

Direto do túnel do tempo: a cartinha da Disney de 1996

Escrito por: Priscila Esteves, publicitária e colaboradora da Donato.

Falar sobre os grupos para a Disney é relembrar a essência da Donato Viagens, sua origem e crescimento de forma natural ao longo dos anos. É cercado por esse clima de nostalgia que tiramos do fundo do baú – ou de um álbum antigo na casa da Suely Donato – essa lembrança da viagem de 1996.

O cartão de agradecimento escrito pelos passageiros mostra um pouco das relações de carinho nesses dias de intensa convivência. Uma recordação simples que carrega um significado enorme, ela nos faz voltar no tempo para relembrar o ponto essencial da Donato desde sua primeira viagem até os dias de hoje: as boas companhias.

Décadas atrás, viajar para os Estados Unidos não era tão comum, então se aventurar pelo país geralmente acontecia através de grupos de viagens. Foi dessa forma que os fundadores da Donato Viagens, Qamal e Suely, levaram mais de 2.000 pessoas em cerca de 20 viagens para a Disney.

Provavelmente, quando formaram o primeiro grupo em 1986 nem imaginavam essa repercussão. Com espírito aventureiro – e um ótimo papo – Qamal começou a reunir amigos da sua turma de formatura da Escola Paulista de Medicina para juntos conhecerem esse mundo mágico de que tanto se ouvia falar.

Na época, ele e a esposa Suely exerciam a profissão de médicos em um hospital e lá também convidaram os colegas de trabalho para participarem. Essas famílias chamaram outras e cada vez mais pessoas se agregavam ao grupo, que partiu em um avião fretado para a primeira aventura na Disney.

Ônibus animados levavam os passageiros para conhecer os principais pontos de Orlando. Parques e restaurantes temáticos faziam a alegria das famílias, como o inesquecível Medieval Times: um jantar que parecia acontecer na época medieval, com fantasias e encenações para agitar a todos os presentes. Como não lembrar com boas risadas?

De 1986 a 1996 as viagens da Donato para a Disney tiveram seu auge. Com cada vez mais passageiros, as saídas anuais passaram a ser semestrais e quem viajava uma vez com certeza queria voltar. O público também foi ganhando uma cara mais jovem, formado em grande parte por adolescentes.

Nessa época, dois filhos do casal se fizeram bem presentes entre os adolescentes. Ronaldo e Roberta, que já participavam das viagens desde crianças, cresceram em meio a esse ambiente. Ao longo dos anos, foram ganhando conhecimento de cada canto dos parques e se tornaram guias dos grupos.

É com boas recordações que a Roberta me contou um pouquinho dessas primeiras viagens. Para ela, o mais marcante foi o vínculo criado em cada grupo. Imagine vários adolescentes passando duas semanas juntos numa viagem para a Disney. O resultado? Brincadeiras, amizades, namoros e momentos que vão ficar para sempre na memória. Eternizados também nas fotografias, que depois de reveladas eram um bom pretexto para os amigos se reencontrarem. Afinal, recordar é viver!

Cada um dos integrantes da família Donato teve um papel nessa história… E com certeza também tem muitas outras histórias para contar em próximos posts. Mas finalizamos esse post com o item que trouxe à tona todas essas memórias: a cartinha de agradecimento para a Suely Donato.

Isso para lembrar que, mais do que ser a pessoa por trás da câmera, o acompanhante do grupo tem um papel fundamental. Estar perto, auxiliar e viver cada momento da viagem ao lado dos passageiros é o que faz a Donato ser o que é hoje: não apenas uma agência, mas um grande grupo de amigos viajando juntos!